Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2015

GAFANHOTOS DA EXISTÊNCIA

Se realmente fosse possível nós amarmos a Deus acima de todas as coisas e ao nosso próximo como a nós mesmos, não teria sido necessária a morte de Jesus na cruz. O fato é que NINGUÉM ama a Deus acima de tudo e muito menos ao próximo como a si mesmo! Quando dou ênfase nesses mandamentos, estou sendo demagogo, visto que eu mesmo não os pratico, e minha pregação tem a nítida intenção de camuflar a minha vagabundagem na prática do Evangelho que vai muito além do resumo desses dois mandamentos. Quem ama a Deus acima de tudo, não vive para si. Quem ama ao próximo como a si mesmo, deve dividir absolutamente tudo com o próximo, seu tempo, seu dinheiro, seu conhecimento; deve cuidar do próximo como cuida de si mesmo, mas nunca vi ninguém levantar cedo e preparar o café da manhã para si e para o vizinho da favela; muito menos dar-lhe banho e providenciar quarto, cama e cobertas. Nunca vi ninguém ensinando ao desamparado a ganhar o pão diário e a cuidar de si mesmo. Vi sim gente esbanjando dinh…