Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2018

ADMIRÁVEL MUNDO NOVO

As mudanças ocorridas no mundo nos últimos 50 anos transformaram a sociedade de forma profunda. Nossas tradições foram substituídas pelo pensamento prático e egoísta.
As famílias se perderam ao investirem tudo no “ter”, no adquirir e no possuir, abandonando definitivamente o “ser” e a proximidade que o fazer parte de um grupo familiar nos garantia de intimidade.
Estamos a cada dia mais distantes uns dos outros, mesmo que vivamos sob um mesmo teto. A solidão a dois, a três, a quatro ou a cinco grita escandalosamente em meio às convulsões sociais que criamos. A vida simples, satisfatória e com poucas aspirações materiais foi deixada para trás. Isso dispersou os membros das famílias, os espalhando para todas as direções. Alguns conseguem se equilibrar nessa correria insana, outros, se perdem em meio ao crime, às drogas, o estabelecimento de outras diversas famílias que não têm continuidade e muito menos base ou estrutura para sobreviverem.
Da frequência às missas ou aos cultos protestan…

A DOR DOS PAIS

Ter filhos dói! Dói quando os parimos; Dói quando têm cólicas; Dói quando os deixamos na escolinha ou na creche; Dói quando caem ao começarem a andar; Dói quando começam a balbuciar suas dores; Dói quando os deixamos anualmente na escola no primeiro dia de aula; Dói quando os educamos, corrigimos e exigimos que façam as coisas certas; Quando menstruam ou ejaculam pela primeira vez; Quando se tornam adolescentes e descobrimos que a partir daquela data alçarão voos longe de nós. Dói quando percebemos que vestem “a couraça do sabe tudo” ao notarem inconscientemente que o mundo é grande demais e a vida excessivamente perigosa para quem está no comecinho e ainda não sabe nada. Dói os vermos tropeçar e cair, se arrebentarem e continuarem tentando e tentando e tentando... Dói compartilhá-los com o primeiro namorado, a primeira transa e todos os corações partidos no decorrer da vida inteira. Dói vê-los mudar de cidade para cursar aquela faculdade ambicionada; Dói vê-los se casarem, irem embo…